Loading...

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Transgênicos , hoje em dia...

Transgênicos , hoje em dia...
Tec Bio


Grupo: Biologia Molecular
Tema: Organismos Transgênicos
Líder:Dhiego

Componentes:Kamila Pet.
                      Dhiego Ita.
                      Gabriel Ita.
                      Graziele Pir.
                      Stephanie Ang.
                      Evelyn Ang.


         Como sabemos , os organismos transgênicos ou geneticamente modificados são formados , através de técnicas de engenharia genética , que utiliza materiais genéticos de organismos distintos.Essas técnicas buscam indivíduos com características novas ou melhoradas , como por exemplo , a resistência de plantas a alguns tipos de herbicidas.As manipulações feitas normalmente nunca aconteceriam na natureza , onde características de determinados organismos são recombinadas.
         Na maioria , a utilização dos transgênicos se dá em produtos de interesse comercial como em alimentos , onde assim estes podem alcançar um maior tamanho ou para ganharem uma resistência maior a pragas e pesticidas.
         Hoje em dia , vemos que o cultivo de transgênicos está aumentando muito com cerca de 13% ao ano , onde os principais produtores são países como Estados Unidos e Canadá.Devido a isso , um imenso debate está se formando , quanto a liberação ou não desses organismos no mercado , tendo o Japão como principal país discordante dessa idéia , enquanto os Estados Unidos é o principal país a favor.
         Bom , mas ainda não podemos tomar uma decisão certa sobre essa história , pois várias coisas estão muito obscuras.Há várias entidades que são contra os transgênicos como o Greenpeace , pelo fato de haver todo esse desconhecimento , de como estes organismos vão se comportar na natureza.Agora há também entidades que são a favor da transgenia , acreditando estas que irão acabar com a fome no mundo.
         Mas agora não podemos ainda dizer nada , assim devemos esperar que os pesquisadores possam descobrir mais coisas a respeito , então o que podemos fazer por enquanto é esperar...
          




Um comentário: